A pandemia trouxe mudanças abruptas na vida de todas as pessoas. Tivemos que nos reestruturar para atender às exigências de isolamento social e prevenção ao novo coronavírus e, em muitos casos, isso significou ter que lidar com o trabalho e o estudo remotos.

Mesmo quem fazia modalidades presenciais muitas vezes acabou tendo que migrar para o ambiente virtual, continuando por meio de cursos online.

Assim sendo, os estudos se misturaram com o home office, com o cuidado com a casa, com a família e com os pets: as vidas estudantil e profissional invadiram nossos lares — o escritório e a sala de aula agora são a sua sala de estar ou onde quer que seu computador ou celular estejam.

Sabemos da dificuldade em manter a motivação diante dessa realidade e, por isso, criamos um passo a passo para quem precisa de um empurrãozinho para se manter motivado durante esse período (ainda) tão complicado.

 

1. Organize o seu tempo

Como já dissemos, as pessoas estão lidando com muita coisa ao mesmo tempo dentro de casa: o home office, as tarefas domésticas, o cuidado com os filhos e ainda os estudos.

Organizar o tempo é crucial para que você tenha um tempo para cada coisa. Fazer tudo no improviso vai resultar em não conseguir fazer nada ou conseguir fazer muito pouco, perdendo qualidade ao não focar nem no trabalho, nem nos estudos, nem na sua família.

Separe um tempo específico para cada coisa, o que nos leva ao próximo passo.

 

2. Siga uma rotina

Quando você organizar o seu tempo, verá que é possível seguir uma rotina, não apenas de estudos, mas de todas as tarefas essenciais do seu dia.

Estabelecer horários ou ordens de tarefas é uma forma de aproveitar melhor o dia. Você também pode criar listas, se isso fizer você se sentir mais produtivo.

Desta forma, você verá que nem é preciso fazer tudo todos os dias: rotinas de estudo e exercícios, por exemplo, podem ser feitas dia sim, dia não. O importante é não se deixar estagnar!

 

3. Estabeleça metas

Imagine que você decidiu que vai estudar às segundas, quartas e sextas, mas não estabeleceu metas de estudo. Pode ser que na segunda-feira cumpra todo o horário a que se propôs, mas na quarta-feira não faça nem metade. Isso acontece por que a falta de metas faz com que a gente não possa julgar se fez o suficiente ou não, pois não temos nada para fazer essa comparação. Isso afeta a motivação negativamente e dá margem à procrastinação.

Estabelecer metas ajuda a manter um ritmo bom. Você pode definir, por exemplo, que vai ler determinado livro até um certo capítulo, ou que vai estudar até determinado tópico. Isso vai te fazer sentir um senso de urgência e este senso, por sua vez, vai manter você motivado a não perder tempo e chegar até o final. Se as metas forem muito fáceis ou muito difíceis elas desanimam. Por isso, suas metas de estudo devem ser desafiadoras porém realistas.

 

4. Separe tempo extra para assuntos em que tem alguma dificuldade

Em qualquer curso, seja ele EAD ou presencial, sempre tem um ou outro assunto onde a gente empaca. Para lidar com esses casos, separe um tempinho extra. Assim, você não deixa de estudar os demais tópicos durante o horário de estudo.

Também é uma boa idéia começar por onde você tem mais dificuldade. Assim, você pode ficar aliviado quando conseguir completar a primeira parte e o resto vai parecer muito mais fácil em comparação.

 

5. Fale com seus professores

Não apenas os alunos tiveram que se adaptar à nova realidade: os professores também. Se você tem alguma dúvida, encaminhe-a aos seus professores.

Principalmente aqui na acerta+ temos toda uma equipe docente e de atendimento à sua disposição 24/7. Ficamos felizes com alunos engajados e cheios de perguntas, pois isso nos demonstra que estão interessados e aprendendo.

 

Não deixe de estudar!

Agora que você sabe como se manter motivado na pandemia, não deixe de estudar. Nossos cursos abrangem as modalidades semipresenciais e EAD. Acesse nosso site www.acertamais.com.br e saiba mais!