A revolução tecnológica está moldando um novo conceito de trabalho. São mudanças que podem ser observadas em diversas esferas, desde a forma como trabalhamos, até as habilidades e competências que farão parte da rotina dos profissionais do futuro.

Nos últimos anos, por exemplo, vimos muitas profissões sendo criadas. Ao mesmo tempo, outras tantas perderam espaço e foram extintas. Em meio a todo esse cenário, cabe destacar a importância da capacitação, item essencial para qualquer profissional que queira seguir uma carreira vitoriosa.

Neste artigo vamos explicar quais as habilidades e competências necessárias aos profissionais do futuro e como os cursos EAD estão capacitando as pessoas para atenderem a expectativa desse novo mercado de trabalho.

 

Desenvolver a inteligência emocional

A inteligência emocional será um requisito cada vez mais importante para os profissionais do futuro. O ambiente corporativo é cercado por desafios e tensões emocionais. Dessa forma, quem possui autoconhecimento e consegue ter controle sobre suas emoções terá grandes oportunidades de crescimento.

Desenvolver a inteligência emocional faz com que os profissionais:

  • Sejam mais resilientes;
  • Tenham um bom raciocínio;
  • Contornem os imprevistos;
  • Resolvam os conflitos sem impulsividade;
  • Entre outros.

E quem estuda numa graduação EAD consegue desenvolver a inteligência emocional ao longo do curso. Nesta modalidade de ensino, o aluno exercita desde o início a organização, disciplina, autoconfiança, aprende a lidar com suas emoções e dificuldades, e muitas outras habilidades que fazem a diferença no mercado de trabalho.

 

Domínio da tecnologia

O avanço da tecnologia trouxe soluções e inúmeras facilidades para o nosso dia a dia. No entanto, o que estamos vivenciando é apenas o início dessa revolução tecnológica que está por vir.

Isso significa que o mundo sofrerá muitas mudanças estruturais no modo como vivemos e trabalhamos. Sendo assim, os profissionais do futuro precisam estar antenados com as tendências tecnológicas.

No futuro, a habilidade com tecnologia será praticamente um pré-requisito para qualquer emprego. Ou seja, é melhor acompanhar essa evolução a partir de agora ou ficará para trás no futuro.

 

Múltiplas habilidades

Os profissionais do futuro serão cada vez mais exigidos a ter múltiplas habilidades. Ser excelente na área que atua não será suficiente para alcançar o sucesso. A competitividade obrigará as empresas a buscarem profissionais criativos e com ideias inovadoras.

Ou seja, a busca das empresas será por profissionais flexíveis, que consigam exercer diversas atividades com qualidade e competência. Ou seja, os profissionais do futuro terão que ser polivalentes.

 

Muita motivação

O profissional do futuro deverá ser muito motivado ao trabalho. Num passado não muito distante, uma grande parcela da mão de obra trabalhava para sobreviver ou apenas seguiam a profissão dos pais.

Nos dias atuais, o ato de trabalhar está relacionado diretamente com satisfação pessoal e habilidade para exercer determinadas tarefas. Ou seja, as pessoas têm muito mais liberdade de escolha na hora de decidir com o que vão trabalhar.

Sendo assim, o mínimo que os profissionais do futuro precisam é escolher áreas que realmente se identifiquem e que estejam motivados a desempenhar um bom trabalho após terminar uma qualificação ou graduação online.

 

Permanecer em constante capacitação e desenvolvimento

Os profissionais do futuro também vão necessitar de constante capacitação e desenvolvimento profissional. Frequentemente estamos expostos a informações novas e devemos nos atualizar para que não fiquemos para trás.

Dessa forma, buscar aprimorar o conhecimento através de cursos online, webinars, entre outras modalidades de ensino, será fundamental para adquirir habilidades e competências para se adequar a esse novo mercado de trabalho.

 

Saiba mais!

Gostou deste conteúdo? Participe do nosso WEBINAR 100% GRATUITO “Sucesso financeiro em meio à crise?”