O home office, ou trabalho remoto, tem se popularizado, sobretudo em tempos de isolamento social. Neste artigo, vamos esclarecer os principais pontos sobre o assunto para que você entenda essa tendência do mercado de trabalho.

Entre os principais benefícios de sua prática, está o custo-benefício para as duas partes: tanto para o empregador, quanto para o empregado. De um lado, diminuem-se os gastos com a estrutura e, de outro, o tempo e o dinheiro investido no deslocamento.

Esta alternativa de trabalho mostra-se inteligente e abre espaço para que o trabalhador desenvolva outras habilidades, também na modalidade a distância, dedicando-se a cursos EAD ou até mesmo a uma graduação online.

 

Quais áreas podem se beneficiar do home office?

Um computador e uma boa conexão de Internet, esses são os meios necessários para executar as atividades do home office. Mas, afinal, todas as áreas conseguem se beneficiar dessa tendência do mercado de trabalho? Depende.

A tecnologia é capaz de reunir pessoas para uma reunião em vídeo, facilitar os processos seletivos e orientar a produção de tarefas que podem ocorrer fora do escritório. Alguns setores como o administrativo, contabilidade, comunicação, jurídico e até mesmo algumas áreas da saúde, como a psicologia, descobriram no home office uma alternativa para fugir da crise.

Em 2018, o país já dava os primeiros sinais de que o home office seria uma realidade plausível para boa parte dos brasileiros. Segundo o IBGE, 3,8 milhões de pessoas adotaram essa modalidade durante aquele ano.

 

Benefícios do home office

São vários os benefícios do home office como, por exemplo, flexibilizar as horas de trabalho do dia. No home office é possível equilibrar as horas com mais exatidão, uma vez que não é necessário considerar o tempo perdido no trânsito.

Tal flexibilização exige um alto nível de autogerenciamento, assim como a adaptação a diferentes tecnologias. Podemos ainda citar a melhor qualidade de vida, uma vez que o home office permite um maior equilíbrio entre as horas trabalhadas e de descanso.

Com o tempo extra, dedicar-se a uma graduação EAD ou cursos online não será um problema, garantindo uma maior qualificação, assim como o acesso a vagas mais atrativas de trabalho. O home office é uma tendência do mercado de trabalho que está somente começando.

 

Home office: entenda essa tendência do mercado de trabalho

O home office tem como principal característica a produção remota, algo crucial para manter o isolamento social. Isto permite que você mantenha a renda familiar, mesmo em uma situação difícil como essa.

Essa prática abre espaço para o aumento no número de alguns profissionais, como tutores de cursos EAD e graduação online, que serão cada vez mais requisitados para aumentar o nível de qualificação dos candidatos às vagas de home office.

Além disso, os cursos online e graduação EAD são opções interessantes para que as horas do dia sejam melhor aproveitadas. Se você iniciou agora e pretende se manter atualizado para quando o mercado de trabalho se estabilizar ou busca o desenvolvimento de habilidades pertinentes ao home office, participe da nossa LIVE no YouTube: O PROFISSIONAL DO FUTURO.